segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

VISITAS 1 - pardal




"Roubei" esta foto de um pardal-comum (macho), alimentando uma cria, aqui:

Nome: Pardal-comum ou pardal-doméstico
          
Passer domesticus


Identificação: O facto de coexistir com o homem no mesmo ambiente faz com que as suas características sejam facilmente apreciadas. Os machos e as fêmeas apresentam plumagens diferentes, sendo o primeiro caracterizado pelo babete preto, a testa e a coroa cinzentas, os loros escuros e o dorso acastanhado com marcas escuras. As fêmeas não possuem babete nem os loros escuros, apresentando a plumagem acastanhada e uma lista creme desde o olho à nuca. O bico é grosso, como é próprio das aves granívoras.


Abundância e calendário: O pardal-comum é bastante abundante ao longo do território, sendo geralmente ubíquo em zonas humanizadas, tanto em grandes cidades como em aldeias ou lugarejos habitados. Ocorre durante todo o ano, podendo formar bandos de grandes dimensões, especialmente em zonas agricultadas ou em dormitórios de parques urbanos.


Obtive este texto aqui:
http://www.avesdeportugal.info/pasdom.HTML



 - Encontram-se em grande número na Casa do Sargassal, onde todos os anos vêm procriar no telheiro que cobre a entrada da casa. Aqui permanecem até partirem para outras paragens.

É uma das aves mais comuns no mundo.

Alimentam-se principalmente de sementes, embora também consumam pequenos insetos, especialmente no período de reprodução.


Sem comentários:

Enviar um comentário